Home / Tipos de Revestimento / Micro Revestimento Asfáltico Usinado à Frio – MRUF

Micro Revestimento Asfáltico Usinado à Frio – MRUF

O micro revestimento asfáltico usinado à frio (MRUF) é uma mistura formada por agregados (brita e pó de pedra), material de enchimento – filler (geralmente cimento), água, aditivo e emulsão asfáltica de ruptura controlada modificada por polímero elastomérico. A Figura 1 ilustra os materiais componentes do MRUF

post92

Figura 1 – Materiais componentes do MRUF

Esse tipo de revestimento pode ser empregado como camada selante, impermeabilizante, regularizadora e rejuvenescedora ou como camada antiderrapante de pavimentos.

Segundo o DNIT, A composição granulométrica da mistura de agregados deve satisfazer aos requisitos do Quadro 1, com as respectivas tolerâncias, quando ensaiadas pelo método de ensaio estabelecido pela norma DNER-ME 083/98.

post93

É um revestimento de execução rápida, pois a mistura é realizada por meio de usina móvel e aplicada diretamente na pista. Esse equipamento por si só, já realiza a mistura, transporta até o ponto de aplicação e espalha a massa asfáltica produzida.

Geralmente a usina móvel é constituída por:

  • silo para agregado miúdo;
  • depósitos separados para água, emulsão asfáltica e aditivos;
  • depósito para material de enchimento (filler), com alimentador automático;
  • sistema de circulação e alimentação do ligante asfáltico;
  • sistema misturador capaz de processar uma mistura uniforme e de despejar a massa diretamente sobre a pista;

Todo esse sistema deve ser montado sobre chassi móvel autopropulsado, ou atrelado a um cavalo mecânico, ou trator de pneus;

A massa produzida na usina é lançada sobre uma caixa distribuidora. Esta peça se apoia diretamente sobre o pavimento atrelada ao chassi. Deve ser montada sobre borracha, ter largura regulável para 3,50 m (meia pista) e ser suficientemente pesada, para garantir uniformidade de distribuição e bom acabamento.

A Figura 2 ilustra uma usina de micro revestimento asfáltico usinado à frio – MRUF.

post94

Figura 2 – Usina Móvel para fabricação do Micro Revestimento Asfáltico Usinado a Frio

A Figura 3 ilustra a aplicação do MRUF diretamente sobre a pista.

post95

Figura 3 – Aplicação de MRUF na pista

Dentre as finalidades de sua aplicação, destacam-se as seguintes:

  • Impermeabilizar revestimentos antigos com desgaste superficial;
  • Proteção de revestimentos recentes de graduação aberta;
  • Selar fissuras (<3mm) e melhoria estética de pavimentos antigos;
  • Elevar o coeficiente de atrito (pneu/pavimento/rugosidade);
  • Revestimento delgado sobre pavimento/preservação do greide da pista;
  • Camada auto-aderente ao pavimento subjacente, salvo necessidade de pintura ligação quando recomendada;
  • Enchimento (nivelamento de trilhas de rodas / <2cm);
  • Prolongar período de vida útil dos pavimentos asfálticos.

Geralmente o MRUF é aplicado em 2 camadas sendo a primeira de regularização contando com brita de 1/2″ em sua composição e a segunda camada de acabamento contando com brita de 3/8″ em sua composição ou apenas pó de pedra.

A qualidade visual do resultado final pode ser bastante satisfatória (ver Figura 4), dependendo apenas da qualidade da aplicação.

 

post96

Figura 4 – MRUF após aplicação e sinalização

METODOLOGIA EXECUTIVA

Resumidamente, a metodologia executiva para aplicação do Micro-revestimento consiste em 3 etapas:

  1. Seleção de agregados e Definição do Traço da Mistura;
  2. Preparação dos Agregados (estocagem, limpeza e peneiramento);
  3. Aplicação do Micro por meio de usinas móveis; e
  4. Controle de Qualidade da execução.

A Figura 5 ilustra graficamente as etapas a serem seguidas para o controle de qualidade do MRUF.

post97

Figura 5 – Etapas para controle de qualidade do MRUF

 

A norma que regulariza a aplicação do micro é a seguinte:

DNIT – ES 035/2005 – Pavimentos flexíveis – Micro revestimento asfáltico a frio com emulsão modificada por polímero – Especificação de Serviço.

SELEÇÃO DE AGREGADOS E DEFINIÇÃO DO TRAÇO DA MISTURA

Após  a seleção dos agregados, uma amostra de cada deve ser enviada ao fornecedor da emulsão para que o mesmo produza um traço da mistura.

O traço contemplará a faixa granulométrica da mistura de agregados e indicará as porcentagens de Brita, Pó-de-pedra e Filler a serem utilizadas.

A faixa granulométrica e taxa de emulsão devem ser definidas no projeto do revestimento, assim como as espessuras das camadas. A Figura 6 ilustra a definição de um traço de agregados a ser utilizado no MURF.

post98

Figura 6 – Definição de um traço de agregado de MRUF

PREPARAÇÃO DE AGREGADOS (ESTOCAGEM, LIMPEZA E PENEIRAMENTO)

A estocagem prévia do material dá agilidade à obra, visto que a aplicação é muito rápida. Tanto a brita quanto o pó-de-pedra podem ser estocados em pátios e misturados de acordo com o traço estabelecido no próprio local. O peneiramento do material mais fino é importante para deixar o agregado miúdo livre de impurezas e torrões de argila. A Figura 7 ilustra a mistura do material no próprio pátio de estocagem.

post99

Figura 7 – Mistura de agregados no pátio de estocagem

APLICAÇÃO DO MICRO POR MEIO DE USINAS MÓVEIS

Conforme citado anteriormente, a mistura dos insumos componentes e espalhamento do micro são realizados por meio de usinas móveis que podem ter capacidades de estocagem de agregados variando dependendo do modelo de usina móvel. A Figura 8 ilustra usinas com capacidades distintas.

post910

Figura 8 – Usinas móveis com capacidades distintas

 

A Figura 9 por sua vez, ilustra as divisões do compartimentos dos materiais a serem misturados na usina.

post911

Figura 9 – Divisões dos compartimentos da usina de MRUF

 

 EXEMPLOS DE APLICAÇÃO DO MRUF

As imagens a seguir ilustram as diversas aplicações desse tipo de revestimento asfáltico:

post912

post913

post914

post916

post917

post918

post919

Se gostou desta postagem, então deixa um comentário.

 

 

O micro revestimento asfáltico usinado à frio (MRUF) é uma mistura formada por agregados (brita e pó de pedra), material de enchimento – filler (geralmente cimento), água, aditivo e emulsão asfáltica de ruptura controlada modificada por polímero elastomérico. A Figura 1 ilustra os materiais componentes do MRUF Figura 1 – Materiais componentes do MRUF Esse tipo de revestimento pode ser empregado como camada selante, impermeabilizante, regularizadora e rejuvenescedora ou como camada antiderrapante de pavimentos. Segundo o DNIT, A composição granulométrica da mistura de agregados deve satisfazer aos requisitos do Quadro 1, com as respectivas tolerâncias, quando ensaiadas pelo método de ensaio estabelecido pela norma…

Deixa sua avaliação

0

Pontos

Seu comentário nos ajuda a melhorar

User Rating: 4.5 ( 1 votes)

Sobre Ricardo Venescau

Engenheiro Civil, mestre e doutorando em Engenharia de Transportes. Apaixonado por Engenharia Rodoviária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *